terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Hospitais do RN vão parar nesta terça-feira

Os servidores da Saúde marcaram para esta terça-feira (9) o “Apagão” em protesto contra o Governo do Estado. Eles vão paralisar os atendimentos em todos os hospitais do RN até que o governador Robinson Faria (PSD) anuncie o pagamento dos salários de dezembro e décimo terceiro.

Previsão de chuvas para o RN não são animadoras

Uma má notícia: as expectativas de chuvas para o RN e o nordeste em geral para os próximos três meses, como projeta o INPE, não são animadoras.
Segundo o Diário do Nordeste de hoje, 9, em reunião realizada no mês passado, o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), em parceria com outras instituições ligadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, apontou para “uma situação preocupante para o Nordeste”,
As previsões mais recentes indicam que a ZCIT deve atuar de forma desfavorável à região, permanecendo mais para o norte de sua posição, “o que resultaria em déficit de precipitação para a Região do Nordeste no trimestre janeiro/fevereiro/março”, conforme o Inpe.
A previsão reforça que quase 100% da Região Nordeste, está inserido em uma faixa negativa, a qual prevê 40% de chances de precipitações abaixo da média no trimestre.
A previsão de chuvas em Natal no mês de janeiro corrente é de 1%.

Governo deve pagar dezembro entre os dias 11 e 12

O governador Robinson Faria (PSD) disse nesta segunda-feira (8) que o pagamento dos salários de dezembro será feito entre os dias 11 e 12 deste mês. Ele fez a previsão para ressaltar que espera que a polícia volte ao trabalho a partir daí. Robinson também informou que pediu ao presidente Michel Temer a renovação da presença das Forças Armadas no Rio Grande do Norte.
Policiais militares e bombeiros paralisaram as atividades no dia 19 de dezembro, em protesto ao atraso de salários. Eles ainda não receberam os salários de dezembro e o décimo terceiro. Outras categorias também em greve como os professores da Universidade do Estado (UERN) e os servidores da saúde.
Em entrevista nesta segunda-feira, direcionada aos servidores da segurança, o governador reconheceu o direito dos policiais de receberem os seus salários e argumentou que a população também tem direito à segurança. “É direito sagrado do policial receber salário em dia e do cidadão ter segurança”.
Robinson negou que tenha pedido a prisão dos grevistas. “O governo não pediu punição dos policiais, pediu para que a greve acabasse, porque de acordo com a lei brasileira não é permitida greve de policial. O governador não pediu para punir, para prender policiais”, declarou.

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Congresso retira R$ 472,3 milhões da saúde e da educação para bancar campanhas políticas

Quando aprovaram a criação de um fundo bilionário para bancar campanhas eleitorais com recursos públicos, os parlamentares prometeram que nenhum centavo seria desviado da saúde ou da segurança. Mas não é isso que ocorrerá, segundo levantamento do jornal O Estado de S. Paulo. O financiamento eleitoral dos candidatos este ano vai retirar pelo menos R$ 472,3 milhões originalmente destinados pelos parlamentares para as duas áreas.
Desse total, R$ 121,8 milhões foram remanejados da educação e R$ 350,5 milhões da saúde. De acordo com o Estadão, o valor corresponde à transferência de dinheiro das emendas de bancadas – que seria destinado a esses setores – para gastos com as campanhas eleitorais de outubro.
O fundo eleitoral foi criado como alternativa à proibição das doações empresariais e receberá, no total, R$ 1,75 bilhão. Desse montante, R$ 1,3 bilhão sairá das emendas de bancada, cujo pagamento é obrigatório pelo governo. Outros R$ 450 milhões virão da isenção fiscal que seria concedida a rádios e TVs para veicular programas partidários.
O dinheiro será distribuído aos partidos conforme o tamanho de suas bancadas na Câmara e no Senado. A criação do fundo é contestada por ação que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), que será julgada no plenário da Corte.
Segundo o Estadão, a verba retirada da saúde para abastecer o caixa das campanhas  eleitorais seria suficiente, por exemplo, para arcar com a construção de 159 novas Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs), com sete leitos, dois médicos e atendimento médio de 150 pacientes por dia ou financiar 859 Unidades Básicas de Saúde (UBSs).
A verba que deixou de ser aplicada em educação equivale a um terço de todos os pagamentos que o governo realizou no ano passado no Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância): R$ 355 milhões, conforme dados do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O dinheiro serve para construir e equipar creches.
Os principais articuladores da criação do fundo, como o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e o líder do governo na Casa, Romero Jucá (PMDB-RR), haviam prometido que a saúde e a educação não seriam prejudicadas com a mudança na destinação das emendas. “Não aceito que mexa um centavo de saúde e educação”, disse Eunício na época da aprovação da proposta. Procurados pela reportagem para comentar o resultado do levantamento, os dois não se manifestaram.

De acordo com o Estadão, além das verbas de saúde e educação, R$ 828 milhões foram retirados de áreas como segurança pública, infraestrutura, obras contra a seca e agricultura. O ensino superior também foi prejudicado. A Universidade Federal do Acre (UFAC) teve R$ 6 milhões transferidos e a Universidade Federal do Amapá (Unifap) ficou sem a emenda que previa R$ 27 milhões para a conclusão das obras do Hospital Universitário. A expansão dos campi da Universidade Federal do Espírito Santos (UFES) perdeu R$ 33 milhões. As emendas são impositivas e, por isso, precisam ser pagas pelo governo. Cabe ao Congresso definir o destino da verba.

Carnaval 2018: Cosern alerta prefeituras que realizam festas para obrigatoriedade de laudo de vistoria

A Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), empresa do Grupo Neoenergia, já enviou para todas as prefeituras do Rio Grande do Norte há cerca de 30 dias as correspondência lembrando sobre a necessidade de solicitação de vistoria para realização de festas e desfiles de blocos ou trios elétricos durante o carnaval, que este ano acontecerá na segunda semana de fevereiro.
O documento é obrigatório para os municípios que necessitarem da utilização de energia elétrica em caráter especial, bem como de vistoria e/ou modificação na rede elétrica da Cosern durante o evento, principalmente no caso de deslocamento de trios elétricos nas ruas e avenidas.
A solicitação por parte das prefeituras deve ser encaminhada à Cosern o mais rápido possível para que haja tempo hábil para vistoria, elaboração de projeto e alteração nas redes ao longo do percurso, caso necessário.
As prefeituras devem informar local de partida e chegada dos trios, bem como altura do veículo com e sem capota, largura, comprimento e também altura do piso dos palcos onde se concentrarão pessoas e adereços.
Outras informações podem ser obtidas na Unidade de Relacionamento com Clientes – Poder Público da Cosern no telefone (84) 3215-6495 e pelo email: poderpublico.cosern@neoenergia.com
A Cosern reforça as orientações de segurança com relação à rede elétrica:
· Em caso de fio caído, fique longe e avise a Cosern (116).
· Nunca aproxime “bastão de selfie” da rede elétrica.
· Não suba em postes, marquises e árvores que estejam próximos à rede elétrica.
· Não faça ligação clandestina de energia. Além de colocar a vida em risco, é crime.
· Não coloque enfeites nos postes, nem jogue objetos na rede elétrica.
· Evite que balões (blimps) e placas de propaganda toquem a rede elétrica.
· Não direcione jatos d’água à rede elétrica.
· É obrigatória a instalação do aterramento das estruturas metálicas de barracas e balcões.
· Em caso de acidentes envolvendo a rede elétrica, avise imediatamente à Cosern: 116
Sobre a Cosern
A Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), empresa do Grupo Neoenergia, é sexta maior distribuidora de energia elétrica do Nordeste em número de clientes e a quinta em volume de energia fornecida. Presente nos 167 municípios potiguares, a Cosern tem uma área de concessão de 53 mil quilômetros quadrados. A empresa atende 1,3 milhão de clientes (3,5 milhões de habitantes).
Dicas de segurança da Cosern 
Acesse o site (www.vamosdarumbasta.com.br) e conheça as dicas de segurança para evitar acidentes com a rede elétrica.

Corrupção é causa de 66% de casos de expulsão do servidor federal em 2017

O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) anunciou hoje (8) que o enfrentamento à impunidade no Poder Executivo Federal resultou, em 2017, na expulsão de 506 agentes públicos por envolvimento em corrupção e atividades contrárias ao Regime Jurídico dos Servidores (Lei nº 8.112/1990).
O principal motivo das expulsões foi a prática de atos relacionados à corrupção, com 335 das penalidades aplicadas ou 66% do total. Já abandono de cargo, inassiduidade ou acumulação ilícita de cargos aparecem em seguida, com 125 dos casos. Também figuram entre as razões proceder de forma desidiosa (negligência) e participação em gerência ou administração de sociedade privada.

Voltou a chover no fim de semana na região do Seridó potiguar

A chuva voltou a cair neste fim de semana na região do Seridó potiguar. No sábado, dia 6, no Sítio Umburana, município de São José do Seridó, o pluviômetro marcou 6 milímetros. Já no domingo choveu em Tenente Laurentino (6 mm), São Vicente (30 mm).
Nas redes sociais uma informação de chuva de mais de 60 mm no Sítio Vaca Brava.
Precipitações confirmadas oficialmente:
São Vicente (Entrada da Cidade) 30 mm
Sítio Vaca Brava (Acari) 65 mm
Sítio Torrão (São Vicente) 60 mm
Sítio Cachoeirinha (São Vicente) 55 mm
Sítio Vaca Brava (São Vicente) 53 mm
Quinquê (São Vicente) 45 mm
Sítio Jucurutu (São Vicente) 25 mm
Tenente Laurentino: 6 mm
Comunidade Trangola (C. Novos) 5 mm

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Polícia Militar encontra possível desmanche de motos em Areia Branca


Na manhã desta terça-feira (21), após denuncia a Polícia Militar foi informada de um possível desmanche de motocicletas em uma bairro da cidade de Areia Branca, região litorânea do estado do Rio Grande do Norte.


A PM se deslocou até o local nas remediações do bairro conhecido por Klintolândia, área urbana, e quando a viatura chegou se deparou com a veracidade do fato, onde pelo menos cinco motos foram encontradas já sem algumas peças dentro de uma matagal, e que onde a Policia suspeita que podem ser motocicletas tomadas de assaltos na cidade e também na região.

A guarnição recolheu as motos, ainda um homem foi detido e encaminhado à Delegacia para prestar os devidos esclarecimentos.

Fotos via Whatsapp

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

MPF denuncia ex-prefeito de Caiçara do Rio do Vento por não prestação de contas

Francisco Edson Barbosa, o “Etinho”, também ocultou os documentos e prejudicou o repasse de recursos para a educação do município

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou duas denúncias e duas ações de improbidade contra o ex-prefeito de Caiçara do Rio do Vento, Francisco Edson Barbosa, “Etinho”, que não prestou contas dos recursos recebidos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), referentes aos exercícios de 2010 e 2011. Além disso, ao fim do seu mandato, encerrado em 2012, ele ocultou os documentos relativos a essas verbas e que deveriam ter sido mantidos nos arquivos da Prefeitura.

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) repassou ao Município de Caiçara do Rio do Vento um total de R$ 26 mil em 2010 e de R$ 16.448,60 em 2011, dentro do PDDE. A quantia deveria ser destinada à melhoria da infraestrutura física e pedagógica das escolas e ao reforço da autogestão escolar, contribuindo para elevar os índices de desempenho da educação básica.

Embora a prestação de contas seja uma exigência legal e rotineira - e os gestores não necessitem de qualquer “alerta extra” para cumprir essa obrigação -, o FNDE chegou a enviar ofícios ao Município. Porém, nem mesmo assim o ex-prefeito cumpriu seu dever. Etinho Barbosa sequer respondeu aos ofícios e deixou o tempo transcorrer sem dar qualquer satisfação ao Ministério da Educação, quanto à aplicação das verbas recebidas.

Prejuízos - Autor das ações do MPF, o procurador da República Fernando Rocha lembra que, ao deixar de prestar contas, o ex-prefeito não só descumpriu seu dever, impedindo que se saiba como foram gastos os mais de R$ 42 mil, como também “ocasionou a suspensão do repasse das sobreditas verbas ao Município de Caiçara do Rio do Vento/RN, prejudicando o ensino e o desenvolvimento do município”.

Ele poderá responder por supressão de documento (art. 305 do Código Penal), crime de responsabilidade (art. 1º, VII, do Decreto-lei n.º 201/67) e por ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública (art. 11 da Lei 8.429/92). Além da condenação penal, ele poderá receber como sanções a perda da função pública; suspensão dos direitos políticos; pagamento de multa; dentre outras.

As ações de improbidade contra o ex-prefeito tramitam na Justiça Federal sob os números 0810347-10.2017.4.05.8400 e 0810333-26.2017.4.05.8400 e as penais foram protocoladas como 0810345-40.2017.4.05.8400 e 0810329-86.2017.4.05.8400.

Prefeitura de Areia Branca realizou abertura dos Jogos Intercolegiais

A Prefeitura Municipal, por meio da Gerência de Esportes e Lazer, realizou na manhã desta segunda-feira (20) a abertura da 29ª Edição dos Jogos Intercolegiais de Areia Branca. A solenidade aconteceu no Ginásio de Esportes Professora Rosário Cabral e contou com a presença do gerente Elton Silva.

A cerimônia de abertura teve o juramento do atleta Victor Emiliano, da E. E. Brito Guerra. A tocha olímpica foi conduzida pelo estudante Janderson Andrey, da E. M. Valdeci Nunes. O árbitro Edimar Gonzaga também fez o juramento representando o corpo de arbitragem.

A competição esportiva reúne estudantes de escolas municipais, estaduais e particulares, sendo E.M Geralda Cruz, E.M. Vingt Rosado Maia, E. M Valdeci Nunes, E. M. Nossa Senhora Auxiliadora, IDM, E. E. Antônia Girlande, E. E. Cônego Ismar Fernandes de Queiroz, E. E. Dagmar Sabino, E. E. Desembargador Silvério Soares e E. E. Brito Guerra.

Os Jogos Intercolegiais vão movimentar vários locais e abrangem nove modalidades: futsal, queimada (ou queimado), futebol society, jiu-jitsu, tênis de quadra, tênis de mesa, natação atletismo e xadrez.



terça-feira, 7 de novembro de 2017

Petrobras anuncia reajuste de 2,3% na gasolina e de 1,9% no diesel a partir desta terça

A Petrobras autorizou nesta segunda-feira (06), alta de 2,3% para a gasolina e aumento de 1,9% para o diesel nas suas refinarias principalmente ao aumento das cotações dos produtos e do petróleo no mercado internacional, informou a empresa em nota à imprensa.

A decisão foi tomada pelo Grupo Executivo de Mercado e Preços (GEMP), que antecipa suas reuniões periódicas quando o reajuste dos combustíveis varia mais de 7% para cima ou para baixo no período aproximado de um mês.

Em um mês, o preço da gasolina nas refinarias já acumula aumento de mais de 9%. Em novembro, há elevação de 6,6% , após alta também de 6,6% em outubro.

O reajuste se refere aos preços para as refinarias. O repasse ou não do aumento para o consumidor final depende dos postos de combustíveis. Na semana passada, o valor dos combustíveis nas bombas voltou a subir, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Falta de higiene no transporte das carnes

O município de Areia Branca não possui um local para abater os animais e nem tampouco um veículo para o transporte das carnes que são comercializadas no Mercado Central da cidade. Falta de higiene, transporte irregular sem cobertura e refrigeração é bem visível a população. 
Será que ainda precisa comentar?, além do veículo ser totalmente fora do padrão o que recomenda a vigilância sanitária, se é que o município possui, as carnes estão expostas ao tempo, papelões são usados para protege-las de terem contato com o chão e sem falar que bem próximo ali existe um tambor de lixo. 

Mas infelizmente é dessa forma precária que os donos de bancas tem que se virar para fazer o transporte e tentar sobreviver. 
Aqui em Areia Branca, temos que conviver com a realidade de que os governantes só levam o tempo em brigar entre si, pela maquina do executivo (Prefeitura), exibindo moralidade e poder, onde acabam esquecendo do que realmente o povo necessita.  

PM realiza operação Areia Branca Segura.

A Polícia Militar de Areia Branca/RN vem fazendo um trabalho ostensivo na cidade, abordagens e revistas são feitas em vários pontos estratégicos nas zonas urbana e rural do município em horários alternados, com isso trazendo um pouco mais de tranquilidade e sossego a população.
Neste domingo (05), dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio - Enem 2017. Os Policiais estiveram nas ruas da cidade com atenção redobrada para dá mais segurança aos estudantes que foram aos locais de provas. 
Areia Branca que nos últimas meses vem sofrendo com a violência desenfreada, onde assaltos e crimes de homicídios vem causando bastante medo a população.

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Programação definida para o Verão das Antigas 2018 em Tibau

O tradicional Verão das Antigas na cidade de Tibau já tem sua programação definida para a edição 2018. 

As apresentações serão no palco do Clube Alibi e os cantores Tatau ex. Araketu, Reinaldo ex. Terra Samba e Ninha ex. Timbalada que no momento trabalham em um projeto de parceria nomeado como Axé 90 Graus, onde tocam musicas do axé baiano que fizeram muito sucesso em décadas passadas, serão atração na sétima edição do Verão das Antigas que acontecerá no dia 05 de janeiro. 

O evento tem a organização da New Mar Produções.  

sábado, 14 de outubro de 2017

Horário de Verão começa neste domingo em três regiões do pais

O Horário de Verão Brasileiro começa à 0h deste domingo (15), e os relógios deverão ser adiantados em uma hora para se adequar à medida. A mudança vai valer até o dia 18 de fevereiro de 2018. É possível que esta seja a última vez que o Horário de Verão seja adotado no Brasil.

Isso porque autoridades do setor elétrico constataram mudanças nos hábitos de consumo de energia dos brasileiros. De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico ONS), o que mais tem influenciado o horário de pico do consumo de energia não é mais incidência de luz solar, e sim a temperatura.